Exposições Temporárias

"A Região dos Vinhos Verdes: a autenticidade pela objectiva de Egídio Santos” | 18 de maio até 30 de junho / 2017

Esta exposição surge do desafio lançado pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) ao consagrado repórter de imagem Egídio Santos para captar alguns dos pormenores da Região dos Vinhos Verdes, numa viagem que resulta em imagens das paisagens imponentemente verdejantes do Minho, nos rostos marcados pelo trabalho, nos sinais do tempo nas vinhas, na fauna e flora inconfundíveis e em uvas de um verde puro, que começa na dedicação e acaba na degustação.

"Esta exposição mostra a Região dos Vinhos Verdes na sua autenticidade em mais de trinta imagens, sob o olhar cirúrgico de um dos nomes maiores da fotografia contemporânea.” – Manuel Pinheiro, Presidente da CVRVV.








Últimas exposições:

ART-MAP "Re-conhecimento: arte como um saber visual”| 1 de julho até 30 de agosto / 2016

A Vila de Ponte de Lima vai receber uma grande exposição de Arte Contemporânea. Entre julho e agosto o projeto ART_MAP invade o Centro Histórico e diversos equipamentos da Vila Mais Antiga de Portugal. Trata-se de uma iniciativa de interesse artístico que visa divulgar diversas obras de escritores e artistas plásticos de diversas nacionalidades e colocá-las em diálogo com a população de diversas pequenas e médias cidades portuguesas através de um circuito de exposições coletivas de arte nos monumentos, museus ou galerias da localidade e de uma galeria patente no sítio da internet do projeto supracitado.

O Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde é um dos espaços municipais a acolher esta exposição.

A proposta temática ART-MAP Ponte de Lima 2016 é o "Re-Conhecimento: arte como um saber visual”, podendo-se, na opção ‘Conceito’, disponível em linha, encontrar-se propostas de tópicos a explorar, bem como outras informações, como por exemplo, lendas e tradições Limianas, ou informações sobre os espaços de exposição a usar, consubstanciando o diálogo de culturas que se visa promover.



O Vinho na Vaca das Cordas: do ritual pagão ao culto cristão | 4 de março até 15 de junho / 2016

O vinho aparece na sociedade limiana há muitos séculos, vive nela e com ela no dia a dia, nos trabalhos dos campos, nas festas e tradições.

Esta exposição apresenta a tradição da Vaca das Cordas e a comunidade que a fez perdurar até aos nossos dias. Vaca, Touro ou Boi, o animal chega-nos com uma carga simbólica de grande valor.

Corriam-se e correm-se "touros” em Ponte de Lima numa ocasião especial: nas vésperas do Corpo de Deus. Festa cristã, com profícua representação pagã. Onde o vinho corria nas tabernas, não sabemos se por pura euforia ou no intuito de alimentar a coragem de enfrentar os touros.




Esteja atento à nossa programação!


Notícias